Pular para o conteúdo

7 experiências imperdíveis em Hobart, a capital da Tasmânia

Hobart a capital da Tasmania 18 12 23
Hobart Tasmania

Hobart é uma cidade encantadora que combina história, cultura e natureza em um cenário deslumbrante. A capital da Tasmânia, a ilha mais ao sul da Austrália, oferece muitas opções de lazer e entretenimento para os visitantes, desde museus e galerias até parques e montanhas. Neste artigo, apresentaremos sete atrações imperdíveis em Hobart que vão tornar a sua viagem inesquecível.

1. Mount Wellington

Hobart Mount Wellington

O Mount Wellington é o ponto mais alto de Hobart, com 1.271 metros de altitude, e proporciona uma vista panorâmica da cidade e do rio Derwent. Você pode chegar ao topo de carro, ônibus turístico ou bicicleta, e admirar a paisagem de tirar o fôlego, que muda conforme o clima e a estação do ano. No inverno, é possível ver neve e gelo nas rochas, enquanto no verão, as flores silvestres colorem o cenário. O Mount Wellington também é um ótimo lugar para fazer trilhas, piqueniques e observar a vida selvagem.

2. Salamanca Place

Salamanca Place

Salamanca Place é uma área histórica e charmosa de Hobart, onde se encontram prédios de arenito do século XIX que abrigam galerias de arte, cafés, restaurantes, bares e lojas. É aqui que acontece o famoso Salamanca Market, um mercado ao ar livre que reúne mais de 300 barracas de artesanato, comida, antiguidades e produtos locais todos os sábados. O Salamanca Place também é palco de eventos culturais, como festivais de música, teatro e cinema.

3. MONA

MONA Museum of Old and New Art

MONA (Museum of Old and New Art) é o museu mais diferente e controverso da Austrália, dedicado à arte contemporânea e nova. O museu fica em uma vinícola às margens do rio Derwent, e tem um design arquitetônico impressionante, com salas subterrâneas e esculturas ao ar livre. O acervo do MONA é composto por obras de artistas renomados e desconhecidos, que exploram temas como sexo, morte, violência e religião, de forma provocativa e irreverente. Por fim, o museu também conta com um restaurante, um bar, uma cervejaria e um cinema.

4. Royal Tasmanian Botanical Gardens

Royal Tasmanian Botanical Gardens

Os Royal Tasmanian Botanical Gardens são os jardins botânicos mais antigos da Austrália, fundados em 1818. Eles ocupam uma área de 14 hectares, e abrigam mais de 6.500 espécies de plantas, incluindo algumas endêmicas e raras da Tasmânia. Os jardins são divididos em várias seções, como o Jardim Japonês, o Jardim Francês, o Jardim Chinês, o Jardim de Rosas, o Jardim de Cactos e o Jardim Subantártico, que reproduz o clima e a vegetação da Antártida. Os jardins também oferecem uma vista espetacular do rio Derwent e da cidade de Hobart.

5. Port Arthur

Port Arthur Tasmania

Port Arthur é um dos locais mais importantes e visitados da Tasmânia, por sua relevância histórica e cultural. Port Arthur foi uma colônia penal no século XIX, onde eram enviados os presos mais perigosos e rebeldes da Austrália. Hoje, o local é um Patrimônio Mundial da UNESCO, e preserva as ruínas e os edifícios da antiga prisão, como a igreja, o hospital, a fábrica, a escola e as celas. Os visitantes podem fazer um tour guiado pelo local, que conta a história dos presos, dos guardas e da vida na colônia. Port Arthur também é famoso por suas lendas e histórias de fantasmas, e oferece um tour noturno para os mais corajosos.

6. Tasman National Park

Tasman National Park

O Tasman National Park é um parque nacional que fica a cerca de 90 km de Hobart, e abrange uma área de 107 km², com paisagens naturais incríveis. O parque tem formações rochosas espetaculares, como o Tasman Arch, o Devil’s Kitchen e o Remarkable Cave, que foram esculpidas pela ação do mar e do vento. Contudo, o parque também tem praias de areia branca e água cristalina, como a Fortescue Bay e a Crescent Bay, ideais para nadar, surfar e pescar. Além disso, o parque é um ótimo lugar para observar a fauna local, como cangurus, wallabies, wombats, equidnas e aves marinhas.

7. Battery Point

Portsea Place Battery Point Tasmania

Battery Point é um dos bairros mais antigos e charmosos de Hobart, que conserva o estilo colonial e vitoriano de sua origem. O bairro tem ruas estreitas e casas de pedra, que remetem ao passado da cidade. Battery Point tem muitas atrações, como o Narryna Heritage Museum, que mostra como era a vida dos primeiros colonos, o Arthur Circus, uma praça circular com casinhas coloridas, e o Battery Point Sculpture Trail, uma trilha que exibe esculturas que contam a história do bairro. Battery Point também tem ótimas opções de gastronomia, com cafés, padarias, pubs e restaurantes.

Conclusão

Hobart é uma cidade que tem muito a oferecer aos seus visitantes, desde atrações históricas e culturais até belezas naturais e gastronômicas. Neste artigo, nós listamos sete lugares que você não pode deixar de conhecer em Hobart, mas há muito mais para descobrir e explorar nesta cidade fascinante. Espero que você tenha gostado deste conteúdo, e que ele tenha te inspirado a conhecer a Tasmânia. Se você tiver alguma dúvida, sugestão ou comentário, por favor, me diga. Até a próxima viajante! 

Fonte de inspiração: Viagem Suave

Você também pode gostar:

Como viajar de graça pela FAB: um guia completo

10 destinos emergentes que você precisa conhecer

Vistos e passaportes: tudo o que você precisa saber para viajar tranquilo

Os pontos turísticos mais imperdíveis de Santiago do Chile

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *