Pular para o conteúdo

O que fazer em Montevidéu em 5 dias

o que fazer em Montevideo
o que fazer em Montevideo

Olá, viajante, hoje vou te ajudar a planejar uma viagem incrível para Montevidéu, a capital do Uruguai. Neste artigo, eu vou te mostrar o que fazer em Montevidéu em 5 dias, com dicas de atrações, gastronomia, transporte e hospedagem. Vamos começar?

Montevidéu é uma cidade charmosa, tranquila e cheia de história. Localizada às margens do Rio da Prata, a cidade oferece uma mistura de arquitetura colonial, art déco e moderna, além de belas praias, parques, museus e mercados. Montevidéu também é famosa pela sua cultura, que inclui o tango, o candombe, o carnaval e a literatura.

Para aproveitar ao máximo a sua viagem, eu recomendo que você se hospede em um dos bairros mais centrais e turísticos da cidade, como Ciudad Vieja, Centro, Cordón, Pocitos ou Punta Carretas. Assim, você terá fácil acesso às principais atrações e poderá se locomover com mais facilidade. 

Para se locomover em Montevidéu, você pode usar o transporte público, que consiste em uma rede de ônibus que cobre toda a cidade. Outra opção é alugar um carro, que pode ser útil se você quiser explorar outras cidades do Uruguai, como Punta del Este ou Colonia del Sacramento. Além disso, você também pode usar táxis, aplicativos de transporte ou bicicletas para se deslocar pela cidade.

Agora que você já sabe onde se hospedar e como se locomover em Montevidéu, vamos ao roteiro de 5 dias pela cidade. Separei as melhores dicas de o que fazer em Montevidéu em cada dia, mas você pode adaptar o roteiro conforme o seu gosto e tempo disponível. Confira:

Dia 1: Ciudad Vieja e Centro

Ciudad Vieja Uruguai

No primeiro dia, você conhecerá o centro histórico de Montevidéu, chamado de Ciudad Vieja, e o bairro do Centro, onde ficam alguns dos principais monumentos e museus da cidade. Você pode começar o seu passeio pela Plaza Independencia, a principal praça da cidade, onde você encontrará o Palácio Salvo, o Teatro Solís, o Mausoléu de Artigas e a Puerta de la Ciudadela, que era a entrada da antiga muralha que cercava a cidade.

Depois, você pode caminhar pela Calle Sarandí, uma rua de pedestres, com várias lojas, cafés, galerias de arte e prédios históricos. No caminho, você pode visitar a Catedral Metropolitana, a Plaza Matriz, o Cabildo de Montevidéu e o Museu Torres García, que abriga obras do famoso pintor uruguaio.

Em seguida, você pode seguir até o Mercado del Puerto, um dos lugares mais tradicionais e animados da cidade, onde você encontrará vários restaurantes que servem a famosa parrillada, o churrasco uruguaio. Aproveite para almoçar e experimentar as delícias da gastronomia local, como a carne, o vinho, o doce de leite e o mate.

Depois do almoço, você pode continuar o seu passeio pelo bairro do Centro, onde você encontra a Avenida 18 de Julio, a principal avenida comercial da cidade, com várias lojas, bancos, cinemas e edifícios históricos. Você pode caminhar pela avenida e visitar a Plaza Fabini, o Obelisco aos Constituintes de 1830, a Fonte dos Cadeados, o Palácio Municipal e o Museu do Futebol, que fica no Estádio Centenário, palco da primeira Copa do Mundo em 1930.

Para terminar o dia, você pode jantar em algum dos restaurantes do Centro ou voltar para o seu hotel e descansar.

Dia 2: Pocitos e Punta Carretas

Playa Pocitos Montevideo

No segundo dia, você conhecerá os bairros de Pocitos e Punta Carretas, os quais são os mais modernos e sofisticados da cidade. Você pode começar o seu passeio pela Rambla, a avenida que margeia o Rio da Prata e que tem uma vista linda e um clima agradável. Você pode caminhar, andar de bicicleta ou simplesmente sentar em algum dos bancos e apreciar a paisagem.

Em Pocitos, você encontra a Playa de Pocitos, uma das praias mais famosas e movimentadas da cidade, com uma faixa de areia branca e um mar calmo. Você também encontrará o letreiro de Montevidéu, sendo um dos pontos mais fotografados da cidade. Além disso, você pode visitar o Museu Naval, que conta a história da marinha uruguaia, e o Castillo Pittamiglio, um edifício curioso construído pelo arquiteto e alquimista Humberto Pittamiglio.

Em Punta Carretas, você encontra a Playa de Punta Carretas, outra praia bonita e tranquila, com um farol e um píer. Você também encontra o Shopping Punta Carretas, um dos maiores e melhores da cidade, com várias lojas, restaurantes, cinema e um supermercado. Além disso, você pode visitar o Parque Rodó, um dos maiores e mais bonitos parques da cidade, com um lago, um anfiteatro, um cassino, um museu e um parque de diversões.

Para almoçar, você pode escolher entre as diversas opções de restaurantes que existem nos bairros, que vão desde pizzarias, hamburguerias, churrascarias, até culinária internacional. Para jantar, você pode aproveitar a vida noturna dos bairros, com vários bares, pubs e boates para todos os gostos e estilos.

Dia 3: Parque Prado e Jardim Botânico

El Prado Montevideo

No terceiro dia, você conhecerá o Parque Prado e o Jardim Botânico, os quais são dois lugares lindos e tranquilos para entrar em contato com a natureza e relaxar. Você pode ir de ônibus, carro ou táxi até o Parque Prado, que fica a cerca de 6 km do Centro. O Parque Prado é o maior e mais antigo parque da cidade, com uma área verde de 106 hectares, com árvores, flores, gramados, fontes, lagos e esculturas. Você pode caminhar, andar de bicicleta, fazer um piquenique ou simplesmente admirar a beleza do lugar.

No Parque Prado, você também pode visitar o Jardim Botânico, sendo um dos mais importantes da América do Sul, com uma coleção de mais de 2 mil espécies de plantas, divididas em diferentes áreas temáticas, como o jardim japonês, o jardim de rosas, o jardim de cactos, entre outros. Você também pode visitar o Museu Blanes, que fica no parque, que abriga obras do pintor uruguaio Juan Manuel Blanes, além de exposições temporárias de arte.

Para almoçar, você pode escolher entre os restaurantes que ficam dentro ou perto do parque, que oferecem comida caseira, lanches, pizzas ou churrasco. Para jantar, você pode voltar para o seu hotel ou explorar algum outro bairro da cidade.

Dia 4: Bate e volta a Colonia del Sacramento

Colonia del Sacramento

No quarto dia, você pode fazer um bate e volta a Colonia del Sacramento, uma cidade histórica que fica a cerca de 180 km de Montevidéu. Você pode ir de carro, ônibus ou barco até Colonia, sendo considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, por preservar o seu charme colonial e o seu centro histórico. Você pode passar o dia caminhando pelas ruas de pedra, admirando as casas antigas, as igrejas, os museus, os monumentos e o porto. Você também pode subir no Farol de Colonia, que tem uma vista panorâmica da cidade e do Rio da Prata.

Para almoçar, você pode escolher entre os vários restaurantes que ficam no centro histórico, que servem comida típica, como o chivito, o pancho, o asado, o milanesa, entre outros. Você também pode experimentar os doces locais, como os alfajores, as pastafrolas, as tortas fritas e o dulce de leche.

Para voltar para Montevidéu, você pode pegar o mesmo transporte que você usou para ir, ou optar por um diferente, para ter uma experiência diferente. Por exemplo, se você foi de carro, você pode voltar de barco, que leva cerca de uma hora e meia, e tem uma vista linda do Rio da Prata. Você pode comprar as passagens de barco [aqui].

Para jantar, você pode escolher algum restaurante perto do seu hotel, ou explorar algum outro bairro da cidade, como o Palermo, famoso pelo seu carnaval e pelo seu candombe, um ritmo musical afro-uruguaio. Você também pode aproveitar a vida noturna da cidade, que tem vários bares, pubs e boates para todos os gostos e estilos.

Dia 5: Bairros e atrações de Montevidéu

bairros de montevideo

No quinto dia, você pode conhecer outros bairros e atrações de Montevidéu, os quais são menos turísticos, mas não menos interessantes. Você pode começar o seu passeio pelo bairro do Aguada, que fica a cerca de 3 km do Centro. O Aguada é um bairro popular e boêmio, que tem vários prédios históricos, como o Palácio Legislativo, a sede do poder legislativo do Uruguai, que tem uma arquitetura imponente e um museu que conta a história do parlamento. Você também pode visitar o Mercado Agrícola, um mercado que vende produtos frescos, artesanais e regionais, que tem uma estrutura de ferro e vidro que data de 1913.

Depois, você pode seguir até o bairro do Parque Batlle, que fica a cerca de 5 km do Centro. O Parque Batlle é um bairro residencial e elegante, que tem um grande parque que leva o mesmo nome, que tem uma área verde de 60 hectares, com árvores, flores, gramados, fontes, lagos e esculturas. No parque, você pode visitar o Monumento a La Carreta, uma escultura de bronze que representa uma cena típica do campo uruguaio, e o Monumento a los Charrúas, uma escultura de pedra que homenageia os povos indígenas que habitavam o território antes da colonização.

Para almoçar, você pode escolher entre os restaurantes que ficam no parque ou nos arredores, que oferecem comida variada, como pizza, sushi, saladas, sanduíches, entre outros. Para jantar, você pode escolher algum restaurante perto do seu hotel, ou explorar algum outro bairro da cidade, como o Buceo, sendo um bairro costeiro e tranquilo, que tem uma marina, um porto, um shopping e um museu oceanográfico.

Conclusão

Montevidéu é uma cidade que tem muito a oferecer aos seus visitantes, desde a sua história, cultura, gastronomia, até as suas belezas naturais. Neste artigo, eu te mostrei o que fazer em Montevidéu em 5 dias, com dicas de atrações, gastronomia, transporte e hospedagem. Espero que você tenha gostado e que possa aproveitar ao máximo a sua viagem. Obrigado pela sua atenção e até a próxima! 

Fonte: Dicas do Uruguai

Leia também

As Cataratas do Iguaçu: 7 curiosidades que você não sabia e como visitá-las

Como encontrar um seguro viagem barato com boa cobertura

Como trocar dinheiro no Chile e economizar

Como fazer uma viagem de carro pela América do Sul

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *