Pular para o conteúdo

Bagagem despachada em 2024: tudo o que você precisa saber

bagagem despachada 17 12 23
Imagem: Viajar por, Mala de viagem, Aeroporto. Artigo / Bagagem despachada

Este artigo fornece informações completas sobre a bagagem despachada em voos. As regras, dicas e erros que não podem ser cometidos são abordados para ajudar você viajante a evitar problemas no aeroporto e custos extras durante a viagem.

Existem vários tipos de bagagens, incluindo artigos pessoais, bagagem de mão e bagagem despachada. Vou explicar a diferença entre a bagagem de mão e a bagagem despachada, e as medidas e regras para cada uma em detalhes. Além disso, compartilharei com você informações sobre como comprar o direito de despachar bagagem e as regras da bagagem despachada, incluindo peso máximo e medidas permitidas. Então vamos lá!

Tipos de bagagem

Existem vários tipos de bagagem que podem ser levados em uma viagem de avião, mas as principais são o artigo pessoal, a bagagem de mão e a bagagem despachada. O artigo pessoal pode ser uma bolsa ou mochila que precisa caber embaixo do banco do passageiro. Já a bagagem de mão é uma mala de até 10 kg que deve ser guardada no bagageiro acima do assento. A bagagem despachada é a mala maior que pode conter até 23 kg, mas é necessário pagar um valor adicional para levá-la na viagem.

A diferença entre a mala de mão e a mala despachada é que a primeira fica o tempo todo com o passageiro, enquanto a segunda é despachada no aeroporto e só é entregue no destino final. A mala de mão deve seguir medidas e regras bem mais exigentes, pois precisa caber no bagageiro acima do assento. Já a mala despachada é pesada e etiquetada no aeroporto, sendo guardada pela companhia aérea na parte de baixo do avião.

Três opções de bagagem despachada:

  1. Compra Antecipada com a Passagem:
    • Recomendação: É a melhor escolha.
    • Vantagem: Mais barata e planejamento tranquilo.
  2. Comprar Depois:
    • Característica: Viável, mas um pouco mais cara.
    • Dica: Se antecipar é mais econômico.
  3. Compra no Aeroporto:
    • Avaliação: Não é a melhor ideia.
    • Por quê: mais cara e menos prática.

As principais regras para a bagagem despachada são o peso máximo de 23 kg e as medidas que variam conforme a companhia aérea. Se a mala ultrapassar o peso máximo, o passageiro terá que pagar uma taxa adicional no aeroporto.

Variações entre bagagem de mão e bagagem para despacho.

Mala de mão

A mala de mão é um dos tipos de bagagem que pode ser levada em uma viagem de avião. Geralmente, ao comprar uma passagem aérea, tem-se direito de levar uma mala de mão e uma bolsa ou mochila. Ela precisa caber embaixo do seu banco e seguir algumas medidas e regras bem mais exigentes. A mala de mão é pequena e fica o tempo todo contigo na viagem, portanto, é de sua responsabilidade tanto no aeroporto quanto no avião.

Bagagem despachada

A mala despachada é a bagagem que não vai contigo no avião, sendo necessário chegar antes no aeroporto e despachá-la na companhia aérea. Ela é geralmente mais pesada, podendo ser levada até 23 kg, mas é necessário pagar a mais para poder levá-la na viagem. A mala despachada é colocada na parte de baixo do avião e é responsabilidade da companhia aérea. Ao chegar no destino, é preciso procurar a área de restituição de bagagem para pegá-la.

Diferenças

A principal diferença entre a mala de mão e a mala despachada é que a primeira fica o tempo todo contigo na viagem e a segunda é despachada e colocada na parte de baixo do avião. Além disso, geralmente ao comprar uma passagem aérea, tem-se direito de levar uma mala de mão e uma bolsa ou mochila, enquanto a mala despachada precisa ser paga a mais para poder levá-la na viagem. A mala de mão é pequena e segue medidas e regras bem mais exigentes, enquanto a mala despachada é geralmente mais pesada e precisa ser despachada na companhia aérea.

Como escolher entre mala de mão e mala despachada

bagagem despachada

Existem várias opções de bagagem para levar em uma viagem de avião, mas as principais são o artigo pessoal, a mala de mão e a mala despachada. O artigo pessoal pode ser uma bolsa ou mochila que deve caber embaixo do banco do passageiro. Já a mala de mão, que tem um limite de 10 kg, deve ser guardada no bagageiro acima do assento. Por fim, a mala despachada é a maior das três e pode pesar até 23 kg, mas é necessário pagar uma taxa extra para levá-la na viagem.

A principal diferença entre a mala de mão e a mala despachada é que a primeira fica com o passageiro durante toda a viagem, enquanto a segunda é despachada no momento do check-in e só é retirada no destino final. Por isso, é importante chegar com antecedência ao aeroporto para despachar a mala e guardar o comprovante de despacho até a entrega da bagagem.

Além disso, a mala de mão tem medidas e regras mais exigentes, pois precisa caber no bagageiro acima do assento. Já a mala despachada tem medidas e peso máximos, que variam segundo a companhia aérea e o tipo de voo.

Para escolher entre a mala de mão e a mala despachada, é preciso considerar o tempo e o destino da viagem, além do que se planeja levar na bagagem. Se for uma viagem curta e com poucos itens, a mala de mão pode ser suficiente. Mas se for uma viagem mais longa, para um destino frio ou com itens proibidos na bagagem de mão, a mala despachada pode ser a melhor opção.

É importante lembrar que as regras e taxas para levar bagagem despachada variam conforme a companhia aérea e o tipo de voo, sendo recomendável verificar as informações no site da empresa antes da viagem.

Comprando direito de despachar bagagem

Comprando junto com a passagem

Ao comprar uma passagem aérea, geralmente é possível adquirir o direito de despachar uma mala junto com a compra da passagem. Nesse caso, o valor pago pela passagem já inclui o valor da mala despachada. É importante verificar as regras de peso e medidas da bagagem despachada da companhia aérea escolhida, já que essas regras podem variar.

Comprando depois

Caso o passageiro não tenha adquirido o direito de despachar uma mala junto com a compra da passagem, ainda é possível comprar esse direito posteriormente. Porém, é importante lembrar que o valor pago nessa situação pode ser mais alto do que o valor pago ao comprar junto com a passagem. O valor varia conforme a companhia aérea escolhida e o destino da viagem.

Comprando no aeroporto

A opção mais cara é comprar o direito de despachar uma mala no próprio aeroporto. O valor pago nessa situação é ainda mais alto do que o valor pago ao comprar depois da compra da passagem. Por isso, é recomendado que o passageiro compre o direito de despachar a mala junto com a passagem ou depois da compra da passagem.

É importante lembrar que as regras de peso e medidas da bagagem despachada variam segundo a companhia aérea escolhida e o destino da viagem. O passageiro deve verificar essas regras antes de comprar o direito de despachar a mala e também antes de arrumar a mala para evitar custos extras e problemas no aeroporto.

Leia também: 10 coisas para fazer antes de embarcar

Regras da bagagem despachada

Imagem: Bagagem, Bolsas, Mala de viagem.

Medidas e peso

A bagagem despachada é uma opção para quem precisa levar mais itens consigo durante a viagem. No entanto, é importante ficar atento às regras de medidas e peso para evitar custos extras no aeroporto. Em voos nacionais, o peso máximo permitido é de 23 kg, incluindo a mala e os itens dentro dela. Já em voos internacionais, o peso máximo pode variar entre 23 kg e 32 kg, dependendo da companhia aérea escolhida.

Além do peso, as medidas da mala também são importantes. Na Latam e Azul, a soma da altura, largura e profundidade não pode ultrapassar 158 cm. Já na Gol, as medidas são mais específicas e variam conforme o tipo de aeronave. É importante verificar as medidas exatas no site da companhia aérea antes de fazer as malas.

Excesso de peso

Caso a mala ultrapasse o peso máximo permitido, o passageiro terá que pagar uma taxa extra no aeroporto. Essa taxa pode ser bastante elevada; por isso, é importante ficar atento às regras de peso e medidas. A bagagem despachada é pesada todas às vezes; por isso, é essencial respeitar as regras para evitar custos extras.

A escolha entre uma mala de mão e uma mala despachada depende do tipo de viagem, do destino e do que se planeja levar consigo. Por fim, a antecedência ao aeroporto, a verificação das medidas e pesos permitidos, e a consideração das opções de compra do direito de despachar bagagem são passos cruciais para evitar contratempos.

Lembre-se sempre de que as regras podem variar entre as companhias aéreas, por isso, consultar as diretrizes específicas da empresa escolhida é fundamental. Ao seguir essas orientações, os viajantes podem desfrutar de uma experiência de viagem mais tranquila e sem surpresas desagradáveis no momento do check-in. Boa viagem!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *